quinta-feira, fevereiro 26, 2009

Prostituição na EN 125, um novo flagelo…

A Comissão Politica da JSD Algarve vem por este meio mostrar a sua preocupação e repudio pelo que se passa em pleno dia, na estrada nacional 125, onde, desde o final do Verão, tem emergido um foco exponencial do negócio da prostituição.

Facilmente, se encontra em pleno dia centenas de mulheres à beira da estrada, numa actividade que para além de ser proibida por lei, causa bastantes problemas tais como: tráfico de pessoas, tráfico de drogas bem como a criminalidade que daí advém.
Não podemos deixar de denunciar este verdadeiro escândalo que se passa à porta das nossas casas, em plena luz do dia, que para além de ser um desrespeito para com os nossos moradores ainda lhes acarreta bastante insegurança.

Não nos podemos esquecer que a estrada nacional 125 atravessa todo o Algarve, e, sendo o turismo de qualidade, um dos pilares da nossa economia, não podemos ficar de braços cruzados. Alertamos as autoridades competentes para que actuem, a fim de que este flagelo não continue a alastrar.

Exigimos um Algarve seguro!


P’la Comissão Politica Distrital da JSD Algarve

2 comentários:

Nuno disse...

Legalizem a prostituição. Assim deixam de estar nas ruas e passam a trabalhar legalmente, sem exploração e com locais próprios para as suas práticas.
Transparência é essencial, em qualquer país dito democrata.

Anónimo disse...

Desde quando a prostituição é ilegal! Não existe legislação em Portugal para a prática da prostituição. Antes de se manifestarem informem-se! Flagelo? Criminalidade? Serão elas as responsáveis? E os clientes…desses vocês não falam…..não convém!