terça-feira, maio 08, 2007

Debate sobre a Regionalização


Como anunciado posteriormente, realizou-se no Sábado, dia 5 de Maio, no Hotel Real Bellavista, um debate sobre a regionalização que contou com a presença de 6 oradores (4 do PSD e 2 do PS).


Pode-se dizer que debate só no nome, pois todos os oradores estavam a favor da regionalização. A diferença entre os 2 partidos era somente na data de realização do novo referendo, já que o PSD defende que o mesmo deve ser em 2008 (para se fazerem as primeiras eleições regionais juntamente com as autárquicas de 2009), e o PS concorda em deixar este referendo para a próxima legislatura, não apontando no entanto ano para isso.

Falou-se um pouco da história da regionalização, inserida na Constituição em 1977. As razões apontadas para o referendo ser o mais breve possível passam pelo facto de o país estar pior e mais desequilibrado agora do que há 10 anos atrás. 80% do território está em desertificação acelerada. Os jovens que queiram ser profissionais de sucesso têm que ir para Lisboa ou para o estrangeiro. Um recente estudo mostrou que o país desequilibra-se 2% ao ano; em 10 anos são 20%! Tem-se assistido a um retirar de poderes às regiões, centralizando-se tudo em Lisboa.


Todos os oradores foram de acordo que o fracasso do último referendo se deveu ao mapa de 8 regiões. Actualmente o mapa apresenta 5 regiões que já existem: as 5 CCDRs
A questão fulcral deste debate prendeu-se mesmo com o porquê do PS querer deixar a regionalização para a próxima legislatura. Se está de acordo, porquê atrasar? Na minha opinião os membros do PS presentes não foram capazes de dar uma resposta que convencesse.

Na altura das questões do público, os membros da Comissão Política Distrital que se encontravam presentes, acharam que se devia referir o facto de 2 semanas antes, no Congresso Nacional da JSD, termos apresentado uma moção com o título "Vamos referendar a regionalização" e a mesma ter sido aprovada somente com 1 voto contra em mais de 600 delegados. Perguntou-se ainda aos oradores o que achavam disto.

As opiniões foram unânimes. Surpreendeu alguns, mas mostra que os jovens são sensíveis a esta questão; é uma sondagem muito interessante e é extremamente importante. E mostra, ainda, uma mudança de mentalidades dentro do próprio PSD.

Houve quem louvasse a JSD por esta iniciativa, quem referisse que ter as duas juventudes partidárias mais importantes de acordo neste tema é excelente, quem desafiasse a JS a seguir o nosso exemplo e também apresentar uma moção deste teor no congresso da JS.

O alerta também foi dado: compete-nos a nós agora (JSD e JS) sensibilizar os restantes jovens para esta temática, de forma a que estes votem, mas votem favoravelmente.

Mafalda Reis

19 comentários:

Mighty Mounds disse...

"Sensibilizem os jovens que o resto fazemos nós, os grandes pensadores políticos algarvios!" "Não se preocupem com os detalhes, com as políticas, com a forma, com o objecto..."

Que valente atestado de minoridade que se está a passar à JSD Algarve e à juventude no geral!

PSD disse...

Mas existe Js no algarve...afinal o debate trouxe novidades!

sofia minhalma disse...

atestado de minoridade???
o resto fazem vocês???
quem são vocês???
alguns imcompetentes que nem o próprio partido respeitam??
não nos procupamos com detalhes e politicas???porquê??
que eu saiba na idade de alguns de nós há que pensar que somos os próximos presidentes de Câmara e outras entidades, na região ou isso representa algumas ameaça para gente mesquinha?

Mighty Mounds disse...

Sofia... tá visto que tenho de explicar o meu comentário porque na realidade não o percebeste! E o que faz uma pessoa quando não percebe alguma coisa? Pergunta ao autor do comentário ou chama de incompetente (?!?) e mesquinho (?!?!)?

Mas aqui vai a explicação:

"O alerta também foi dado: compete-nos a nós agora (JSD e JS) sensibilizar os restantes jovens para esta temática, de forma a que estes votem, mas votem favoravelmente."

O que é que tu como jovem com ambições a presidente de câmara e a outras entidades (sejam lá quais elas forem desde que sejam por nomeação política, presumo) retiras desta frase sobre a iniciativa da JSD Algarve no último congresso? O que te parece que os oradores pretenderam dizer? Achas que na realidade eles querem que a Jota diga qual é o modelo que se deve seguir (parlamento regional, comissão eleita, tributação própria, etc...) ou simplesmente deixar os assuntos importantes para os tubarões do partido e a jota que pegue numas bandeiras e que convença os jovens que a regionalização é uma boa ideia. Se isto não é passar um atestado de minoridade, então o que é?

Antonio Almeida Felizes disse...

Dada a temática abordada, tomei a liberdade de publicar este V/ "post", com o respectivo link, no

Regionalização

Cumprimentos

Nuno Antunes disse...

Caro Mighty Mounds

Ja estava a estranhar alguma ausência de tua parte, nestas participações intensas. Uma coisa esta clara, se as comissões politicas não "fazem nada", são criticadas por não fazer nada, se têm bandeiras é mau porque andam a tras de "tacho". Explica me lá(como se eu fosse muito burro), afinal o que deve uma comissão politica fazer?!
Parece que é negativo estarmos a defender a regionalização. NÃO CONCORDO. Passo a explicar: o Algarve sempre foi a região do país mais regionalista e só por isto não admira que a sua juventude tb a defende. É verdade(e ja estas a pensar nisso), que poderiamos defender o emprego precario dos jovens, o apoio social, o poder economico, o sistema de saude, etc. Tambem defendo estas questões, mas o que nós precisamos agora verdadeiramente é uma politica realmente profunda e estrutural, visto que o actual sistema administrativo publico não tem capacidade de resposta a estas minhas, tuas e de muitos. A JSD Algarve esta a apostar e acredita que um novo sistema administrativo é imperativo. Não te esqueças que tb somos jovens, como tu e muitos outros que por aí andam, e estes problemas tb nos afectam. Vamos deixar de fazer uns ajustes aqui uns ajustes ali, e fazer realmente e estruturalmente uma reforma a serio. Há falta de emprego para jovens?!....a regionalição é o melhor meio. Há falta de apoio social?!....Regionalização é um meio. Há falta de apoio a PMEs?!...a regionalização é um meio. Estas a vêr a "bola de neve"?!!!.....Vamos deixar desses ataques e demagogias, e acreditar realmente em coisas serias e concretas.....

Mafalda disse...

Eu percebi o que ele quis dizer. Não criticou a JSD nem a regionalização. Até entendo que tenha mesmo defendido a JSD quando diz "que valente atestado de minoridade que se está a passar à JSD Algarve e à juventude no geral!"

É claro que pode ser interpretado de várias formas, mas eu interpretei que até nos estava a defender por não estarmos a ser reconhecidos no nosso empenho e trabalho.

Mighty Mounds disse...

Sem ler o que o resto das pessoas comentaram...

Obrigado Mafalda... era mesmo essa a ideia! Foi precisamente o que quis dizer!

Mighty Mounds disse...

Caríssimo Antunes,

Tem calma com isso da bola de neve que ainda tens um ataque cardíaco. Esse tipo de discurso exaltado do género Major Valentim Loureiro não funciona a sul de Gondomar! (Não tomes isto como crítica ou qualquer tipo de comparação negativa)

Acho que não preciso de explicar o meu comentário inicial pq a Mafalda já o explicou de forma sublime!

Tens de começar a distinguir o que é um comentário irónico de um comentário factual. Eu não fiz nenhum juízo de valor sobre o que as comissões políticas fazem ou deixam de fazer, mas não tás à espera que fique calado enquanto leio a Sofia dizer (por outras palavras) que as comissões são plataformas para futuras candidaturas às autarquias e/ou a outras entidades!

Essa discussão sobre se a bandeira da JSD Algarve deveria ser a regionalização, ou o emprego ou o apoio social, é completamente irrelevante na minha opinião, desde que seja a J a liderar a matéria em questão! Agora se é unicamente para sensibilizar jovens que se conta com a Jota... então, abre os olhos caro Antunes!

sofia minhalma disse...

quem tem que abrir os olhos és tu e rápidamente sr. Mighty mounds.eu de burra tenho muito pouco e percebi mt bem as ttuas palavras.talvez tu não saibas é expressar-te, se estavas a elogiar de alguma forma a JSD, não foi essa a ideia que passou e o que a Mafalda acha sei eu mt bem, porque estamos muitas vezes à conversa sobre muitos temas e eu não tenho que concordar com ela em td.
que eu saiba não disse que as comissões politicas são plataformas para atingir algum lugar, mas também o são, não só, mas também.Ou achas que é um qualquer sem perceber nada de politica que aterra ali, como candidato a alguma coisa.Na JSD Algarve não trabalhamos em função dos "tachos", mas se algum dia nos surgirem , porque de certeza que dali vão sair Presidentes no futuro, porque não?é mais que justo para quem sabe e percebe daquilo há muitos anos.Vejo aí é mt dor não sei bem de quê, mas até adivinho.ò pá faz-te à vida e procura alguma causa nobre para te entreteres em vez de andares a chatear a JSD que para teu entender está a 100% na causa da regionalização e o nosso trabalho não passa apenas por sensibilizar os jovens, podemos e temos o dever de fazer mt mais.vê-se mesmo que não estiveste a par do que aconteceu no congresso e nem do trabalho que estamos a desenvolver nesta e em qualquer outra área!

Mighty Mounds disse...

Cara Sofia,

Li o teu comentário e imaginei-me num episódio dos morangos com açúcar!! "É que eu falo muitas vezes com a Mafalda e não tenho de concordar com tudo o que a Mafalda diz" ... o que é isto?????

Que facto relevante para a discussão é este??? Caríssima, se tu não percebeste o comentário, não culpes a Mafalda de o ter percebido, ok?

O atestado de minoridade que se está a passar à juventude vêm do simples facto dos oradores, não vos darem crédito pelo vosso trabalho! Aliás, é um dos gigantescos problemas do nosso sistema político. Os jovens servem para animar e os mais velhos para terem as ideias (mas isso é outra discussão).

Mas o teu comentário faz história, és a primeira política que abertamente diz, que se surgir um "tacho" aceitas sem hesitação. O Dr. Seruca Emídio, actual Presidente da Câmara de Loulé, foi eleito pela sua competência e não pela sua performance política, e como ele há muitos! Mas, repara eu não ponho em causa as valias das pessoas que compõem a comissão política, nem as suas ambições, nem tenho o mínimo de inveja porque algumas apoiei desde sempre! Agora, eu crítico é as ideias, eu discuto as opiniões e as mentalidades! Mas compreendo que isto seja díficil para ti!

Voltamos sempre ao mesmo ponto. Se a opinião é contrária ao que a caríssima toma como sua, então é porque sou da oposição interna (nem sabia que existia), ou porque tenho uma dor de não ter o seu importantissimo cargo. Se não sei o que se passou no congresso é porque nem em Portugal resido, se não sei o que se está a desenvolver nessa área é porque vocês não me elucidam!!!

sofia minhalma disse...

Repare meu ilustre desconhecido não adimito sequer a um anónimo que nem coragem tem de se identificar que me compare à geração"Morangos com Açucar"pela qual já passei há muitos anos!No meu tempo isso não existia.
Em segundo lugar carissimo anónimo, se não sabe o que a Distrital e suas secções da JSD andam a fazer, informe-se primeiro antes de tecer comentários idiotas, aliás nem está presente em locais onde nós estamos com os "grandes" do partido ou outras individualidades, para dizer que não nos dão crédito, isso é do mais falso que pode haver, mas nem sequer vou aprofundar o assunto porque eu e os meus companheiros de Jota sabemos muito bem que não é assim e discutir com quem não sabe de nada, é pura perda de tempo.
Eu não admiti coisa alguma de aceitar um "tacho", acho é que é de uma burrice atroz que chega a ser abusivo, não entender que quem está nas Juventudes Partidárias pode ter a possibilidade mais facilmente de chegar a algum lugar de destaque, pelo trabalho desenvolvido ao longo de anos de JSD neste caso, e nesta situação, não vejo mal algum em ocupar esse "poleiro", e não falo só por mim, mas por todos nós na Distrital, que se assim o acontecer um dia, será mais que justo, por todo o trabalho e dedicação dispensados à JSD e porque já saberemos nessa altura um pouco, como funciona a estrutura politica, ao contrário do ilustre anónimo que nem sabe que existe oposição interna no PSD, como em todos os partidos, isso é fazer politica, pode não ser benéfico, mas a vida partidária tem destas coisas, mas claro, para uma pessoa limitada que não sabe do que fala, só podia dar nisto!
Se existem presidentes que foram eleitos pela sua competência, só me orgulha e ainda mais quando eleitos pelo PSD o que não quer dizer que nós já com uma idade avançada na JOTA e com profissões de alto respeito, não o sejamos, no campo profissional e politico e por isso um dia quem sabe lá chegaremos.Ninguém nunca me ouviu dizer que ando aqui à procura de algo porque se assim fosse já tinha desistido há muito tempo. Não admito sequer a "gentinha" que não está por dentro dos nossos assuntos que venha criticar o trabalho de valor que realizamos e muito menos chamar-nos "palhaçinhos" dos mais velhos, porque com estes comentários no blog, o palhaço vê-se quem é, aliás servem esses mesmos comentários muitas vezes, de gozo nas nossas conversas de tão ridiculos que são .
Criticas à JSD Algarve ou a qualquer concelhia, são admitidos sim, a quem trabalha directamente connosco e a quem está presente quando é solicitado, quem não está e não tem a minima noção do trabalho desenvolvido, só tem é de enfiar a carapuça e calar-se,porque eu faço o mesmo quando não sei das coisas, o que não é o caso, sei muito bem do que falo e de quem falo e o que tu pensas ou deixas de pensar é zero!

sofia minhalma disse...

Ainda mais uma nota, para que se saiba.A JSD Algarve e quase todas as concelhias da região têm blogs onde é actualizada toda a informação do que estamos a desenvolver ou o que já foi realizado.Nos jornais e rádios regionais a toda a hora estão a ser divulgadas noticias das secções e distrital, por isso só não sabe do que se passa quem não quer, mais elucidativo do que tudo isto não sei a menos que tenha de se fazer um desenho ao Exmo. anónimo.
Já agora não tenho nenhum "importntissimo" cargo, tenho aquele que me compete e que o desempenho com o maior orgulho, por trabalhar em prol da juventude do meu Concelho em primeiro lugar e em segundo da Distrital.
É tão feio escondermo-nos atrás de nick names e fazer comentários deste género...quem fala deste modo devia identificar-se e assumir a sua posição sem nomes fictícios pois tal acto demonstra uma cobardia ímpar a que não me vou rebaixar mais em responder, senão estaria a ser igual ou pior que o dignissimo.

Mighty Mounds disse...

Cara Sofia,

De há uns tempos para cá, que te vejo a comentar nestes blogs e sempre a tomar todo o assunto como pessoal! Uma pessoa que, segundo dizes, dedica tanto tempo à J já deveria saber que a política portuguesa e algarvia tem um pilar fundamental que é a democracia. E a democracia permite-me discutir todo e qualquer assunto e tomar todo e qualquer partido independentemente do meu conhecimento sobre determinadas matérias. Se eu me chamar, António Sousa, Pedro Castro, Manuel Costa, ... é tão anónimo como Sofia Minhalma!!! A limitação intelectual não te permite perceber que não é com um nome que a minha crítica é mais ou menos válida. Aliás, se os moderadores do blog quisessem que o blog não fosse comentado, ou que os comentários fossem registados, já o teriam feito! Mas, mais uma vez isso também não compreendeste! Aliás, todos os comentários que fazes são desprovidos de qualquer sentido porque não percebeste o que o autor do mesmo quis dizer, ora repara:

- "nem está presente em locais onde nós estamos com os "grandes" do partido ou outras individualidades, para dizer que não nos dão crédito, isso é do mais falso que pode haver" Pois não estou, não consigo estar em dois sítios ao mesmo tempo. Mas se vos dão crédito, então queixa-te à autora do primeiro post, porque ela dá a ideia completamente inversa!!

- "que eu saiba na idade de alguns de nós há que pensar que somos os próximos presidentes de Câmara" e "não trabalhamos em função dos "tachos", mas se algum dia nos surgirem , porque de certeza que dali vão sair Presidentes no futuro, porque não?" e "eu não admiti coisa alguma" ... tens razão, peço desculpa, mudas de opinião como quem muda de roupa, mas sim a culpa é aqui do anónimo!

- os mais "velhos" eram os líderes do PSD e do PSD Algarve! Não quem como eu não tarda muito deixa de poder participar nas listas da J

- "Criticas à JSD Algarve ou a qualquer concelhia, são admitidos sim, a quem trabalha directamente connosco e a quem está presente quando é solicitado" ... mais uma vez a inteligência é uma virtude que não paira por essas bandas! Se pensares bem a fundo, e leres o que eu escrevo apercebes-te que tou presente! Mais, tu não trabalhas para os jovens em geral? Então, os jovens não têm direito a criticarem o trabalho da JSD Algarve, ou só os jovens militantes e aqueles que comparecem nas reuniões é que têm esse direito. Cheira-me a salazarismo reprimido e saudosista!

- Mentes descaradamente quando afirmas que toda a comunicação social regional está a toda a hora inundada de trabalho político da JSD. A essa tenho acesso, e devias ponderar melhor as tuas palavras!

- Por último, o cidadão por natureza é anónimo e digno de espírito crítico, querer retirar isso com o pretexto de ser obscuro é de uma pequenez que nada abona em teu favor. Mais uma vez, nada tenho contra a JSD e as suas posições (apoiando a maioria delas), pretendo apenas perceber se a J, relativamente à temática da regionalização já discutiu e já tomou uma posição sobre a forma e o objecto da mesma! Mas para isso é melhor perguntar directamente a quem percebe do assunto (Nuno Antunes) do que a alguém que dificilmente me saberá explicar alguma coisa sobre debate político!

Cumprimentos sociais democratas!

Anónimo disse...

depois de ler estes comentários fico com a ideia de estarmos perante um partido com recursos acabados! NÃO ME PARECE! a JSD tem dado um contributo importantíssimo ao actual debate politico Algarvio, tem sido eles praticamente os únicos a criar alguma agitação nestes tempos difíceis, tipos como o bruno, o cristovão, o mesquita, o rio, o fabio estão preparados e tem condições suficientes e de sobra para num curto/medio prazo assumirem as verdadeiras rédeas deste partido, sem duvida que recursos não nos faltam!
gostaria ainda de dirigir as minhas felicitações a todos aqueles que tem participado activamente nas acções deste grade partido e o meu obrigado ao criadores de espaços de debate politico como este.

cumpimentos a todos

sofia minhalma disse...

Haja alguém com visão verdadeira do trabalho que a JSD tem realizado e que saúda estes nomes de destaque!

Anónimo disse...

oh sofia es mesmo burra. coitada da camara de tavira se tiver uma presidente como tu.... nem cm assessora tu valias

Anónimo disse...

Entretêm-te com alguma coisa realmente válida em vez de criticares as pessoas sérias e que trabalham para bem da JSD Algarve! Creio que já chega de atacares a Sofia que é uma excelente presidente da JSD Tavira e consequentemente uma boa representante na sua distrital. E cuidado com o que lhe chamas porque ela é bastante admirada em Tavira por tudo o que faz pela sua cidade, se te apanham na descida, ainda te arrependes!!

Anónimo disse...

é pá já me tinham dito que a minha presidente da jsd tavira andava a ser atacada em muitos comentários, neste blog.ainda bem que assim é porque ela merece ser reconhecida pelo trabalho que te, feito na jota e em tudo onde está envolvida e que é muita coisa.é a melhor voz para apresentar festas no algarve e segundo sei ainda ajuda as outras secções da JSD algarve, em tudo o que é necessário.sou da JSD tavira, vivo em lisboa mas estou sempre a par de tudo o que se passa na JSD Tavira e distrital porque graças a Deus, nos blogs,site da nacional, nos jornais e rádios sõ não está a par de todo o trabalho politico quem não quer e por isso não admito a pessoas mal formadas que venham criticar a sofia, o bruno de faro ou seja outro qualquer membro da minha distrital.
Se há aqui algum burro, vê-se ao longe quem é...